01/07/2019 21:21

Em 6 meses, delegacia da Capital apreendeu mais de 700 kg de drogas

Denar também prendeu 130 traficantes e apreendeu 34 veículos

Clayton Neves
Driga apreendida por policiais preparada para processo de incineração. (Foto: Polícia Civil)Driga apreendida por policiais preparada para processo de incineração. (Foto: Polícia Civil)

De janeiro a junho deste ano, a Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) apreendeu mais de 700 quilos de drogas e prendeu 130 traficantes em Campo Grande. Os números fazem parte de balanço divulgado pela unidade nesta segunda-feira (1).

Do total de drogas apreendidas foram retirados de circulação 624,5 quilos de maconha e 95,4 de cocaína. A unidade de Campo Grande foi responsável por duas grandes incineração de drogas que, juntas, a destruição de mais de 17 toneladas de drogas.

No primeiro semestre de 2019 a delegacia fez 84 prisões em flagrante e cumpriu 36 mandados de prisão, um totam de 132 presos. Além disso, 34 veículos e 9 armas de fogo foram apreendidos.

No semestre foram registrados 224 boletins de ocorrência, com 54 detidos por posse de drogas, 565 inquéritos instaurados e 178 termos circunstanciados de ocorrência para apurar o tráfico de drogas na capital.

Conforme o delegado Gustavo Ferraris, titular da Denar, a Delegacia atua na repressão ao narcotráfico,prevenção ao uso de drogas, com palestras em escolas públicas e privadas e também, na destruição de drogas, trazendo um caráter pedagógico aos trabalhos desenvolvidos.

imagem transparente