26/09/2014 13:49

Sesau forma comissão para rever projeto do Hospital da Criança do SUS

Filipe Prado

Após vetar a construção do Hospital da Criança do SUS, como ficou conhecido o Centro Municipal de Atendimento Pediátrico, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) e o Conselho Municipal de Saúde formaram uma comissão para reavaliar projeto. A correção dos pontos críticos devem ser entregue em sete dias.

De acordo com o secretário de saúde, Jamal Salém, durante uma reunião, realizada na manhã de ontem (25) na Sesau, foi acordado que uma comissão com membros do conselho e da secretaria irá “discutir os pontos críticos do projeto e solucionar o impasse do veto”.

O secretário revelou que hoje (26) foi feita a primeira reunião da comissão e previu um prazo de três a sete dias para que o projeto esteja de acordo com as correções.

“Ninguém é contra a ideia da criação do hospital infantil, mais coisas precisam ser esclarecidas e a comissão vai sentar e discutir isso”, comentou Salém.

Já a vereadora Luiza Ribeiro (PPS) afirmou que desconhece a criação desta comissão e revelou que o conselho vetou o hospital, por que creram que os pediatras deve ser distribuídos entre os postos e não em um único local no centro da cidade.

“Eles tem que estar onde a população está e não fazer com que eles se desloquem para o centro”, alegou Luiza.
O projeto da Prefeitura de Campo Grande prevê o arrendamento do Hospital Sírio Libanês para transformá-lo em Hospital da Criança do SUS. A pediatria vai ocupar apenas 35 leitos da nova unidade.

O Campo Grande News entrou em contato com a Comissão Municipal de Saúde, mas as ligações não foram atendidas.

imagem transparente