03/05/2019 11:59

Após reclamações, G-10 fará reunião para tentar "aparar as arestas"

Integrantes do grupo estão insatisfeitos com os líderes e ameaçaram deixar o bloco político

Leonardo Rocha
Deputados Antônio Vaz (PRB), Lucas de Lima (SD), Gerson Claro (PP), Carlos Alberto David (PSL) e João Henrique Catan (PR), durante sessão (Foto: Assessoria/ALMS)Deputados Antônio Vaz (PRB), Lucas de Lima (SD), Gerson Claro (PP), Carlos Alberto David (PSL) e João Henrique Catan (PR), durante sessão (Foto: Assessoria/ALMS)

O bloco conhecido como “G-10” vai realizar reunião na próxima terça-feira (07), na Assembleia, para tentar “aparar as arestas” e evitar o fim do grupo, depois da insatisfação de alguns integrantes, com as decisões das lideranças, que não estariam consultando os colegas.

A situação ficou evidente na sessão de ontem (02), quando o vice-líder do grupo, Gerson Claro (PP), em nome do bloco, votou contra a abertura de uma sessão extraordinária, sem consultar os integrantes, que eram a favor.

Ao encerrar a sessão, vários deputados reclamaram da postura e inclusive até ameaçaram deixar o grupo. “A maioria tem que decidir. Não existe grupo para tomada de decisões isoladas, autoritárias e sem educação”, disse João Henrique Catan (PR).

A reunião convocada pelo deputado Londres Machado (PSD), líder do bloco, tem a intenção de resolver a situação com “diálogo”, definindo uma “linha de conduta” que deve ser seguida pelos integrantes. “Precisamos estabelecer como será nosso procedimento para tomar as decisões”, ponderou Catan.

Para Evander Vendramini (PP) os integrantes precisam ser consultados sobre qualquer decisão do grupo. “Quando você tem um líder ele representa o bloco, mas deve seguir o que a maioria desejar. Acredito que conversando a gente se entende”.

Espaço - O grupo formado em maioria por deputados novatos tem a intenção de buscar espaço político na Assembleia. Conseguiu três dos sete cargos da mesa diretora, além da presidência de comissões importantes, como Orçamento, Saúde, Segurança e Indústria e Comércio.

Faz parte do G-10 os deputados: João Henrique Catan (PR), Gerson Claro (PP), Evander Vendramini (PP), Antônio Vaz (PRB), Renan Contar (PSL), Neno Razuk (PTB), Lucas de Lima (SD), Herculano Borges (SD), Carlos Alberto David (PSL) e Londres Machado (PSD).

imagem transparente