A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

20/11/2013 16:02

Dono da MegaServ pode ser “laranja” de ex-assessores de Ary Artuzi

Zemil Rocha
Marcos Marini mora na verdade em Tangará da Serra (MT) e se diz alheio à MegaServ em MS Marcos Marini mora na verdade em Tangará da Serra (MT) e se diz alheio à MegaServ em MS

O dono da MegaServ, Marcos Antônio Marini, pode ser um mero “laranja” a serviço da família Medeiros Boschetti, cuja matriarca Ignes Maria Boschetti Medeiros foi secretária municipal de Fazenda de Dourados, na gestão de Ary Artuzi . Ela é prima de Marini. A direção da MegaServ em Mato Grosso do Sul cabe a Ricardo Boschetti, 28 anos, filho de Ignes.

A sede da MegaServ fica em Dourados e Ricardo Boschetti é o administrador principal. "O senhor Ricardo não se encontra no momento", informou uma funcionária. Indagada se Ricardo é que comanda a MegaServ, ela informou: "É ele que responde, sim, mais difícil encontrá-lo aqui. Hoje ele já esteve aqui no escritório e foi embora". 

A MegaServ foi beneficiada com contrato emergencial com a Prefeitura de Campo Grande, no primeiro semestre, no valor de 4,3 milhões, tendo vencido no dia 4 de novembro o pregão presencial nº 99, que garante-lhe R$ 9,2 milhões por 12 meses para executar serviços de limpeza em postos de saúde.

Em conversa gravada por um suposto representante de empresa interessada numa “parceria”, Marcos Marini admite que só responde pela MegaServ em Tangará da Serra (MT), onde diz estar morando. “Moro em Tangará da Serra, só cuido da empresa na parte daqui”, afirmou Marini ao interlocutor de Mato Grosso do Sul. Indagado, no diálogo, sobre a pessoa com quem poderia discutir o novo negócio, Marini revela que Ricardo é que pode tratar do assunto. “Ele que decide”, revela o suposto dono da MegaServ, informando ainda que há uma sociedade entre eles.

Nesse mesmo diálogo, a cuja gravação o Campo Grande News teve acesso, o homem que se diz empresário do Estado em busca de parceria com a MegaServ pergunta: “Você é que nem eu, que tem os dados da empresa, mas não decide?”. Marini responde: “Lá (em MS) é mais ele que decide”.

Informações levantadas dão conta de que em julho deste ano, Marini passou procuração dando plenos poderes para Ricardo Boschetti. Nela, ao que tudo indica, consta um endereço inverídico: Rua Pedro Manvailer, 498, BNH, lote 06, quadra E1, em Ponta Porã. Quem mora realmente lá e há vários anos é uma mulher idosa.

Na gravação, Marcos Marini deixou claro que mora em Tangará da Serra (MT), onde possui um restaurante. Aliás, já está lá há dois anos.

Marini chegou a residir na fronteira com o Paraguai, mas bem antes de a MegaServ fechar negócio com a Prefeitura de Campo Grande. Entre 2008 e 2009, época em que trabalhou na Bunge, Marcos Marini morou em Ponta Porã.

A MegaServ foi criada justamente em 2009, quando a gestão de Artuzi, em Dourados, começava a dar espaços os primos de Marcos, o clã Medeiros Boschetti.

Em meio aos escândalos na administração do prefeito Ary Artuzi, que morreu neste ano, vítima de câncer, a secretária Ignes Boschetti chegou a ser presa pela Polícia Federal, na Operação Urugano.




hiiiii!!!!! babado novo, né?? mais era para se esperar, isto é sujeira demais para campo grande ... que horror !!!!... este bernal merece é cadeia e não cassação... fora bernal fora
 
ely monteiro em 20/11/2013 17:00:21
"A cúlpa eh da administrassaum paçada"

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
 
Antonio Harper em 20/11/2013 16:56:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions