A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

08/07/2011 15:39

Comandante da PM diz que policial agiu de acordo com treinamento

Nadyenka Castro

Coronel David afirma que cabo teve atitude correta

Policial, do lado de fora, atira em direção aos bandidos. Um de blusa amarela e outro ao chão. Policial, do lado de fora, atira em direção aos bandidos. Um de blusa amarela e outro ao chão.

Comandante da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, o coronel Carlos Alberto David dos Santos, afirma que o policial militar que atirou contra dois bandidos na noite da última quarta-feira, no Mercado Souza, em Campo Grande, agiu corretamente.

“Ele fez tudo aquilo que ensinamos”, fala o comandante sobre a abordagem feita pelo cabo e a direção dos tiros disparados por ele, referindo-se ao treinamento dado na academia policial.

De acordo com o coronel, foi instaurado Inquérito Policial Militar que tramita pela Corregedoria e o policial já foi ouvido e disse que antes de atirar se identificou. “Ele declarou, e as imagens infelizmente não têm áudio, que ele gritou Polícia”.

E pela análise das imagens feitas pelas câmeras internas do comércio o comandante avalia que Maycon Higor Aquino Paes, 18 anos, ameaçou sacar a arma de fogo ao colocar a mão no bolso no momento que saía do mercado, quando encontrou com o militar.

“A impressão que dá era que estava [o bandido] com a mão no bolso para manusear a arma. E esta é uma atitude de risco. Portanto foi correta a atitude”, conclui o comandante.

Sobre a suspeita de que o policial trabalhasse como segurança do local, o que é proibido, Carlos Alberto David diz. “Não temos nada que comprove. Ele morava próximo e mantinha amizade com os donos. Era amigo do gerente há mais de 15 anos”.

O gerente, que o comandante cita, é Carlos Expedito Ferreira Boccia, 41 anos, que morreu na Santa Casa após ser atingido por um tiro. Tiro este, de que acordo com as imagens, teria sido disparado pelo policial militar.

O disparo foi em direção a um dos bandidos, mas atravessou o balcão e atingiu Carlos. O gerente havia se abaixado atrás deste móvel. “Toda a visada dele [do policial] foi em direção aos bandidos. Sempre em direção aos bandidos. Todos os tiros foram em direção ao assaltante”, diz o comandante.

Conforme o coronel, o cabo agiu corretamente em relação à postura adotada ao testemunhar um roubo e se posicionou corretamente.

Investigações - Enquanto a Corregedoria da PM apura possíveis crimes militares praticados pelo policial, a 6ª Delegacia de Polícia Civil investiga se ele agiu em legítima defesa no duplo homicídio bem como se cometeu excessos.

Também é investigada a participação do garoto de 17 anos, o qual foi apreendido logo após os fatos. Ele foi ferido por dois tiros de raspão. Como o assaltante maior de idade morreu, é extinta a punibilidade dele.



Pense o seguinte: digamos que o referendo do desarmamento (2005) fosse desaprovado pela população e todo cidadão de bem pudesse ter uma arma dentro de casa ou dentro da sua empresa. Será que aqueles que não tem coragem de trabalhar para comprar o que querem, entrariam de cara limpa num mercado para roubar dinheiro, armado com um revolver velho, sabendo que ali dentro poderia ter uma arma à sua espera? DÚVIDO. O que se ouve é que essas armas que os bandidos usam em assaltos são compradas de policiais. Digamos que seja verdade, vale a pena para o policial vender uma arma e depois correr o risco de morrer por um tiro da mesma arma? Tomara que não tenha família. Sou contra desarmar o cidadão de bem, eis que, o cidadão do mal, jamais o será.
 
Gustavo Bermudes em 09/07/2011 12:40:48
Que treinamento ? sair atirando virou treinamento? garanto que esse pm (coitado) não tinha treinamento a muito tempo. todos sabem a situação da PM em MS. cuidado com a policia porque eles estão saindo atirando. .
 
José Carlos em 09/07/2011 12:23:38
minha opiniao e que o policial deveria esperar os ladroes sair, sendo que eles naum estava com arma em punhos, era somente assalto.no videos mostra eles chegando de bicicleta entaum naum vieram pra matar .
 
FERNANDO CESAR DE ALMEIDA em 09/07/2011 08:34:20
É preciso rever o treinamento de abordagem,fatalidade uma ova a sociedade já esta de braços abertos para receber os meliantes que serão soltos graças a mudanças do código penal e termos policiais despreparados com o dedo coçando pra saírem dando tiro por ai a esmo em uma terra sem lei, daqui uns dias vai ser mais fácil assertar no jogo da quina do que voltar ileso pra casa. Aos familiares de mais um trabalhador que Deus possa confortar seus corações pela tragédia irreparável causada pelo *DESPREPARO*.
 
Marcelo beck em 09/07/2011 08:12:50
O serviço da PM esta de parabens, o que aconteceu foi como naquele velho ditado
«Os melhores tambem erram»... Parabens.
 
Fernando Henrique C. de Oliveira em 08/07/2011 10:44:17
Fatalidade é quando é com os outros... Se fosse a SUA família era tragédia! Simples assim!!!!

Por favor PMs, se o treinamento diz que tem que sair atirando que nem louco, não tentem me salvar!!!

 
Liziane Berrocal em 08/07/2011 10:14:02
Parabens Cel Davi, pela resposta a população, mas por defender toda uma corporação policial, digna de respeito.INFELIZMENTE OCORREU UMA FATALIDADE, abordagem foi devidamente correto, quando os bandidos já estavam fora da loja. Infelizmente o autor que foi morto retornou ao supermercado, o que ocasionou a fatalidade ocorrida com o Gerente. ...desde já Parabelizo o polícial pela atitude dada na hora ,pois estamos cansados de sermos prissioneiros do nosso próprio sistema...cansados de viver atrás de grades e murros alltos,alarmes e cercas elétricas...DEUS abençoe o " polícial " que teve mais uma vez ...atitude heroica....
 
ROBERTO DOS SANTOS MEDEIROS em 08/07/2011 10:00:20
Independente que estaeja fazendo o policial(bico) ele e treinado para reagir diante dessas situações e infelismente o gerente estava na mesma direção do meliante. Vamos parar de ser ipocritas se fosse mais policial seria mais "um", foi uma fatalidade do gerente.Vamos mudar nossas concepções se e um policial e mais um ele também tem familia e devemos respeitar toda e qualquer profissão. Chega...
 
Ademir Junioor em 08/07/2011 09:09:40
olha foi uma fatalidade mesmo ele nao vai atirar no gerente porque quis ,eles se conhecia a muito tempo , critica e facil vamos ver na hora o estinto e atirar para defender o comerciante que todos os dias tem noticias de asalto nos comercio de campo grande se nao reage falam que o policial e corrupito deixa os cara rouba ver e nao fais nada entao o que fazer fica dificil defender a populaçao ,claro ficamos muito triste que aconteceu o gerente pai de familia perde a vida uma fatalidade mais se os ladroes tivese atirado no rapaiz era normal ai a noticia era o os ladroes mataram mais um pai de familia entao nao adinta querer falar que o policial foi errado aconteceu vamos pedi a deus que ele nao seja criticado engustamente pelo o ato que queria defender nao nao causa essa dor para a familia do gerente ficam com deus .
 
Maria José Brito de Santos em 08/07/2011 08:26:37
Meu parabéns ao Cabo da PM, pela forma que ele agiu, são poucos que encarariam uma situação dessa, desta forma.
Agora já ao Sr Coronel Davi, sabe bem que esta errado quando disse que os policiais são treinados para isso, a função deles jamais é matar, mais sim defender a população, em ultima instancia atira, tento certeza que o Cabo agiu certo "repito" mais poderia ter evitado, e discordo do Coronel. Mais uma vez parabéns Cabo, e muita força nessa faze de sua vida.
 
Andrey Ademar em 08/07/2011 08:07:10
Apesar de lamentar profundamente a morte de um inocente trabalhador, obviamente o policial não poderia oferecer flores a bandidos e fez o possível nos poucos segundos que teve para reação. Caso o balcão fosse mais resistente e tivesse evitado essa fatalidade, neste momento o policial mal seria lembrado pelo cumprimento de seu dever, mesmo fora do horário de trabalho. A justiça está em capacitar cada vez mais nossos policiais para o cumprimento do seu dever e assim inibir os bandidos que cada dia mais estão acreditando na impunidade e ficando despreocupados a ponto de invadir um mercado cheio de gente.
 
Marcos Caldeira em 08/07/2011 07:37:26
O POLICIAL É UM HEROI. COMO TANTOS MILITARES E CIVIS QUE ARRISCAM A VALIOZA VIDA EM BUSCA DE CUMPRIMENTO DO DEVER. NA IMINENCIA DE UM FINAL DE ASSALTO MAIS TRAGICO, EVIDENTE QUE O POLICIAL AGIU COM PRONTIDÃO E IMPOSIÇÃO DA OCUPAÇÃO DE QUE ESTÁ.
UM POLICIAL ESTÁ EM ATIVIDADE 24 HS POR DIA, COM SUA ARMA, HAJA VISTA QUE A CARREGA ONDE QUER QUE VÁ. AGORA, DIZER QUE O MILITAR AGIU ERRADO, DEVERIA TER AGIDO DIFERENTE, OU COVARDEMENTE TER SE VOLTADO PARA OUTRO LADO E DEIXAR ACONTECER O ASSALTO, É DIGNO DE QUEM ESTA REALMENTE AQUEM DO CUMPRIMENTO DO DEVER DE PROTEGER O CIDADÃO.
MUITOS PODEM MUDAR UM FUTURO, MAS POUCOS PODEM FAZER UM PRESENTE DIFERENTE. SÓ MESMO ESTANDO NA SITUAÇÃO, TER ESPIRITO DE BRAVURA E CORAGEM QUE SE FAZ UM MILITAR. POR FAVOR, SOCIEDADE, OU QUEM QUER QUE SEJA, CRITICAR A TITUDE DESTE HEROI. NAO OS DESENCORAGEM (AOS QUE RESTAM DE MILITARES CORAJOSOS) PARA SERERM DIGNOS DE USO DE UM CARGO DE SEGURANÇA PUBLICA.
 
LUCIANO MARQUES em 08/07/2011 07:23:07
parabens ao policial e tambem ao outros policiais que chegaram em 3min e meio e aos socorrista do samu que conseguiu chegar em 8min e meio,parabens a todos pena que nao conseguiram salvar a vida do gerente.
 
joel alves da rocha em 08/07/2011 07:08:19
Isso, sim, é a postura que se espera de um comandante, não como uns e outros antecessores seus, coronel. Por ficar do lado de seus homens, certamente choverão críticas dos eternos defensores dos bandidos. Mantenha-se firme, por favor, em nome da corporação e da sociedade sul-matogrossense.
 
marly siqueira caramalack em 08/07/2011 07:04:41
Parabéns Cel. Davi pelas palavras bem postas diante do fato. Infelizmente ocorreu uma fatalidade mais com certeza a intenção do PM era a melhor de proteger e defender o estabelecimento bem como os clientes. Se ele estava fazendo bico ou não, a postura teria que ser a mesma... tantos fazem bico, tem familia pra sustentar o salario é indigno pra esses profissionais tão mal valorizados!
 
Marcelo Dias em 08/07/2011 06:46:44
Parabéns ao Cabo Ambrosio pela ação e ao Comandante Cel. David pela declaração, lamento a morte do comerciante, MUITO FELIZ PELO LADRÃO MORTO.
 
Rafael Cruz em 08/07/2011 06:44:56
Já a algum tempo as guarnições que atuam na rua, mediando os mais diversos tipos de conflitos, vêem trabalhando com muito mais tranquilidade pelo respaldo que a coorporação, personificada na pessoa do comandante geral Coronel Davi, tem dado às respostas que as guarnições tem dado àqueles que ousam praticar ações criminosas de grande poder ofensivo(sequestrado famílias, casais em saidinha de banco, ameaçar pessoas inicentes em assaltos a mão armada, etc). Hoje temos comando e é exatamente por isso que a tropa está fechado com o senhor!!!!!!
 
Antonio Barbosa em 08/07/2011 06:36:47
INFELIZMENTE OCORREU UMA FATALIDADE, POIS O GERENTE ESTAVA ATRÁS DO BALCÃO E NÃO TINHA COMO O POLICIAL PREVER . A POSIÇÃO EM QUE ESTAVA A ARMA E A POSTURA DO POLICIAL INDICAM CLARAMENTE QUE A VISADA ERA NOS MELIANTES. PARABÉNS AO NOSSO COMANDANTE E AO POLICIAL .
 
JOSAFA PEREIRA em 08/07/2011 06:10:30
Um dia, quando a gente morava no sitio e quase todo mundo podia ter uma arma, meu pai disse: filho, arma não é coisa de brincadeira.....sacar uma arma é coisa de muita responsabilidade e ista não se dá a uma pessoa só com meias palavras....há que se preparar para isto....morrer por fogo amigo é uma coisa inaceitavel....tem uma regra de segurança basica que não precisa estar nos manuais: proteger quem deve ser protegido, atacar quem deve ser atacado no momento oportuno....Esta situação é triste para todos, mas se os senhores deputados e senadores quisessem de verdade acabar com isso votariam a PEC que autoriza um salario justo aos nosso policiais....acho que não estamos sabendo votar.... como é que pode votarmos indeterminadamente em um politico por 30,40,50 anos.....é absurdo, o sujeito acha que é o CARA, O GENIO...
 
agricio araujo em 08/07/2011 05:28:09
Parabens Cel Davi, pela postura, não por estar tentando dar uma resposta a população, mas por defender toda uma corporação policial, digna de respeito. Pelo que se percebe estão "tentando incriminar, julgar a atitude do policial", que por fatalidade, estava na hora errada... no lugar errado... e por ironia do destino tentando defender ou agindo em nome da Lei e tambem em nome do amigo (faleceu) não o bandido mas o gerente do supermercado, sempre tem uma culpado e agora não é o MORDOMO mas o POLICIAL. Até a mãe do bandido falecido apareceu hoje na imprensa, defendendo o "filinho". PARABENS POLICIAL, na sua profissão existe os prós- e-os-contra, voce agiu em defesa da honra, da dignidade, houve a fatalidade, mas DEUS vai confortar a familia do gerente que se foi.. o ESPIRITO SANTO de DEUS vai cuidar dos filhos e da esposa. E voce POLICIAL, não abaixe a cabeça, VOCÊ é PROFISSIONAL, e DEUS tambem vai cuidar de voce, você não tirou a vida do filho dele, é que chegou a hora e Ele levou!!!!. abens
 
Valdeci Santos em 08/07/2011 05:18:05
se ele no momento de sua abordagem impede os ladrões de fazer o assalto e os prendem seria o Herói da história, mas como deu no que deu infelizmente aconteceu a fatalidade. Penso que estava mais do que certo fez o possivel para defender e defendeu, mas infelizmente aconteceu a fatalidade. Está de parabéns o trabalho da PM.
 
Kallel Santos em 08/07/2011 05:14:52
Enquanto os praças da PM receber essa miséria de salário, serão obrigados a fazer esses tipos de "bicos".O pior de tudo vem agora com gastos com advogados, e tudo mais...
 
mario augusto ferreira da silva em 08/07/2011 05:00:39
Com esse treinamento é provável que morra mais contribuinte por fogo "amigo" fazendo com que os policiais continuem recebendo um salário indigno que obriga o "bico".
 
Julio Cesar em 08/07/2011 04:50:16
Parabéns ao comando da PM pela postura. Sem protecionismo, disse o que fica claro nas imagens. Enquanto não houver prova em contrário, o policial não estava realizando "bico". E a abordagem deu-se no momento correto, quando os bandidos já estavam fora da loja. Infelizmente o autor que foi morto retornou ao supermercado, o que ocasionou a fatalidade ocorrida com o Gerente. Todo o resto inventado e imaginado pelos diversos "peritos" que nesta hora aparecem, não passa de suposição.
 
Jorge Moraes em 08/07/2011 04:25:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions