A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

29/12/2013 10:42

Líder fica doente e manifestação a favor de Bernal é cancelada no Centro

Leonardo Rocha
Abílio Borges promete manifestações durante toda semana na Capital (Foto: Leonardo Rocha)Abílio Borges promete manifestações durante toda semana na Capital (Foto: Leonardo Rocha)

A manifestação que seria feita por sindicalistas e comissionados da prefeitura, hoje no centro da cidade, foi suspensa em função de problemas de saúde de uma pessoa, o líder do movimento, Abílio Borges. Para recuperar o tempo perdido, ele prometeu realizar protestos durante toda semana em praças e feiras livres da Capital.

“Resolvemos suspender o protesto, porque acordei com febre hoje e pedi aos companheiros para continuarmos a partir de amanhã, hoje faríamos a adesivagem na Avenida Afonso Pena com a Rua 14 de julho”, explicou Abílio.

Ontem cerca de 40 pessoas entre comissionados e sindicalistas fizeram a panfletagem na Rua Barão do Rio Branco com a intenção de “alertar” a população sobre um suposto “golpe político" contra o prefeito Alcides Bernal.

Neste ato estiveram presentes os secretários Ivandro Corrêa Fonseca (Sesau), Odimar Luis Marcon (Semadur) e Ritva Vieira (Agereg). No microfone, Abílio Borges fez ataques aos vereadores afirmando que a Comissão Processante não passa de uma “fraude” e uma tentativa de golpe, além de questionar as “intenções” do vice-prefeito, Gilmar Olarte.

Novas ações – Abílio Borges declarou que os protestos irão continuar a partir de segunda-feira (30), a nova estratégia é fazer as manifestações pró Bernal em praças e feiras livres da Capital, para que possa atingir um público diferente.

“Vamos realizar a adesivagem e panfletagem, além de explicar à população a situação política da cidade, a intenção é de começar amanhã e estender até sexta-feira”, garantiu ele.

Abílio esteve à frente de vários protestos na Câmara Municipal, como na sessão que deu origem a Comissão Processante e na última que ocorreu dia 26, que foi suspensa pela justiça através de liminar.

Ele é coordenador do Movimento Nacional de Luta pela Moradia e participou do primeiro programa eleitoral de Bernal no segundo turno, nas eleições de 2012.



Com certeza só apareceu comissionado,pois o povo quer este prefeito fora do poder.
 
roberto arruda em 29/12/2013 15:36:13
FEBRER OU O DIMDIM QUE O BERNAL PROMETEU NÃO ENTROU NA CONTA BANCARIA DELE????
 
ELY MONTEIRO em 29/12/2013 12:30:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions