A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

08/10/2012 13:17

Fogo no 17º andar assusta moradores de prédio de luxo em Campo Grande

Aline dos Santos e Elverson Cardozo
Corpo de Bombeiros foi acionado, mas ao chegar ao local a situação já estava sob controle. (Foto: Pedro Peralta)Corpo de Bombeiros foi acionado, mas ao chegar ao local a situação já estava sob controle. (Foto: Pedro Peralta)

Princípio de incêndio no 17º andar provocou susto na manhã de hoje (8) para o moradores do edifício Le Corbusier, localizado na rua Antônio Maria do Coelho, próximo ao Parque das Nações, em Campo Grande. Conforme o Corpo de Bombeiros, o fogo foi na área externa do apartamento.

As chamas começaram em um ar-condicionado. No local, existem pelo menos seis equipamentos, que também foram danificados. O imóvel está em reformas e não houve feridos. O fogo não chegou a parte interna do apartamento.

O princípio de incêndio fez soar o alarme, provocando corre-corre entre os moradores do prédio. Assustados, eles desceram com pertences e animais de estimação.

Segundo o síndico Gunter Hans Filho, de 57 anos, o fogo foi percebido pelo morador do apartamento de cima.  Ele acionou a portaria e o zelador conteve o princípio de incêndio com pó químico e água.

“Foi tudo muito rápido. Toda situação foi resolvida em aproximadamente dez minutos”, explicou.

Ele afirma que o fogo não comprometeu a estrutura do prédio. O edifício tem 44 apartamentos e foi inaugurado em julho. Os bombeiros vistoriaram e não encontraram problemas no prédio.

Outros casos - Há quase 1 ano, incêndio em um apartamento do condomínio Leonardo da Vince, localizado na rua Amazonas, bairro Monte Castelo, em Campo Grande, resultou na morte da defensora pública Kátia da Silva Soares Barroso, de 37 anos, e do publicitário Giovanni Sergio Dolabani Leite, de 24 anos, em decorrência de intoxicação pela fumaça.

Três meses antes, em julho do ano passado, um incêndio atingiu o 17º andar de uma das torres do condomínio Jardins do Jatobá, na avenida Afonso Pena.  Na ocasião, um ar-condicionado havia explodido. Apesar do susto, ninguém se feriu.

 



Fico preocupada, pois até onde sei, o corpo de bombeiros não está equipado para atender prédios altos.
 
Elisabeth Arndt em 09/10/2012 08:27:31
Aparelhos de ar condicionado tem normas técnicas para instalação, tem que ter procedência e garantia, deve-se exigir da empresa instaladora a ART (anotação de responsabilidade técnica). Procedência e garantia esta ligada diretamente a responsabilidade do fabricante e a ART ao instalador. Para um bom entendedor, meia palavra basta.
 
Marcos Lima em 08/10/2012 20:47:45
Está se tornando sério esses "pequenos" incidentes no edifícios de nossa cidade, sendo a maioria em prédios novos. Fico imaginando os prédios antigos, prédios que foram construídos e que não oferecem um melhor acesso ao combate a incêndio. É preciso estarem sempre em alerta.
 
Valter Oliveira em 08/10/2012 15:51:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions