A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

11/09/2012 09:35

Reconstituição de morte de estudantes mobiliza 40 policiais e fecha rodovia

Francisco Júnior e Luciana Brazil
Policiais na galeria pluvial onde os corpos dos jovens foram encontrados. (Foto: Rodrigo Pazinato)Policiais na galeria pluvial onde os corpos dos jovens foram encontrados. (Foto: Rodrigo Pazinato)

A reconstituição do assassinato dos estudantes Breno Luigi Silvestrini de Araujo, 18 anos, e Leonardo Batista Fernandes, 19 anos, mobiliza, nesta manhã, cerca de 40 policiais do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros), Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos), Ciptran (Companhia Independente de Policiamento de Trânsito) e PRF (Polícia Rodoviária Federal).

Para a reprodução simulada, como a Polícia define esse tipo de operação, foi fechado um trecho do minianel rodoviário entre as saídas de Rochedo e Aquidauana (MS-060 e MS-080), próximo ao local onde aconteceu o crime. Um congestionamento se forma naquele trecho da rodovia.

De acordo com a delegada da Defurv, Maria de Lourdes de Souza Cano, a reconstituição começou às 8 horas em frente ao bar onde estavam as vítimas. De lá, seguiram pelo trajeto feito pelo bandidos até o local onde mataram dos estudantes.

Os cinco envolvidos no crime: Dayane Aguirre Clarindo, 24 anos, e o marido, Rafael da Costa Silva, de 22 anos, Weverson Gonçalves Feitosa, 22 anos, Raul Andrade Pinho, 18 anos, e um adolescente de 17 anos, irmão de Rafael, participam da reconstituição, que deve durar toda a manhã.

Breno e Leonardo foram assassinados com um tiro na cabeça. Eles saiam de um bar quando foram sequestrados. A intenção dos bandidos era roubar o carro em que eles estavam, uma Pajero de propriedade do pai de Leonardo.

Á Polícia, Rafael, apontado como cabeça do grupo, disse que a caminhonete Pajero havia sido encomendada por um traficante, que pagaria pelo veículo com 3 quilos de cocaína.



E sabe o que é pior? Em uns quatro anos estarão todos na rua, matando mais gente...
 
gustavo henrique em 11/09/2012 11:59:13
Pena de morte JÁ! até quando vamos ver nossos entes queridos serem levados de uma forma tão brutal? até quando, vamos chorar...por uma vida que para essa corja não vale nada?? ate quando sociedade? vamos nos mobilizar gente...precisamos fazer alguma coisa, porque logo logo esse caso vai cair no esquecimento....
 
Carla Lopes em 11/09/2012 11:26:37
Caro Cadu, esses caras não são animais, sim verdadeiros MONSTROS...sem qualquer tipo de recuperação. Por isso, deveriam ser EXTIRPADOS da fase da terra.
Os animais, por mais selvagens que sejem, jamais fariam uma BÁRBARIE dessa dimensão, com requinte de crueldade e planejamento.
Mentes perversas...não podem conviver em sociedade, espero que sejem punidos com o máximo rigor da lei.
 
Neyde Oliveira em 11/09/2012 11:02:45
esses bandidos merecem morrer,pois agora temos que sustentar esses marginais por varios anos...enquanto um trabalhador ganha um salario minimo.....
justiça já para esses vagabundos........
 
antonio avelino em 11/09/2012 10:52:00
Olho por olho, dente por dente. Se alguem quer pieade desses animais, leva pra casa.
 
Cadu Caduzera em 11/09/2012 10:36:09
Bem, na verdade eu não quis ler a matéria. A mesma é triste. Sou pai e mais ou menos posso imaginar o sofrimento dos pais desses rapazes. O que eu lamento, é que nenhum dos cinco BANDIDOS tentou "fugir" para que os seus comparsas vissem como deve ser feito com "troços" dessa laia. Saudades do Coronel Dib, Licinio Rodrigues, Castilho, Raulino... rssrsrsrsr uma turma de PRIMEIRA CATEGORIA.
 
Gilson Giordano em 11/09/2012 03:11:47
isso é um absurdo, esses meninos nao mereciam isso!
 
pietra karoline em 11/09/2012 02:39:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions