A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

24/06/2013 21:37

Assembleia popular e 8 grupos de trabalho são definidos por manifestantes

Helton Verão

Após reunião na noite desta segunda-feira (24) na Praça do Rádio Clube, os manifestantes decidiram que vão se reunir todos os dias desta semana até o sábado (29), quando irá acontecer uma grande assembleia popular. Criaram também oito grupos de trabalho que irão atuar na fiscalização e auxilio de vários temas.

A assembleia de sábado tem o foco de reunir lideranças de bairros, sindicatos, movimentos acadêmicos, entre outras várias organizações e definir as pautas para manifestações. Ela está marcada para as 16 horas, na mesma Praça do Rádio.

Os oito grupos criados foram definidos com os seguintes temas: o de combate a opressões (que trabalha com preconceito racial e sexual); de democratização da comunicação; da questão agrária (para tratar de assuntos relacionados aos índios, quilombola, sem terras e o sindicatos dos produtores); da transparência da gestão pública; de mobilidade urbana; do transporte (sobre acessibilidade e bens culturais); de educação; de cultura e saúde.

O principal assunto na reunião de hoje foi a dispersão da manifestação, com direções diferentes e reivindicações sem unanimidade. Por isso a criação dos grupos foi necessária, para a atenção a cada tema.

As assembleias irão acontecer todos os dias às 19 horas na mesma praça. Na sexta-feira (28) o grupo pretende apoiar o ato nacional do MST (Movimento dos Sem Terras) que deve acontecer na mesma praça.

Vale lembrar que nesta terça-feira haverá uma mobilização na Câmara Municipal durante a sessão para solicitar uma audiência para o transporte público e cobrar resultados concretos da CPI da saúde.



O movimento iniciado em São Paulo, foi em função do abusivo aumento na tarifa do ônibus... agora.. temos que ver a qualidade do serviço prestado pela empresas que EXPLORAM - e como EXPLORAM - os tais serviços públicos..... são ônibus velhos.. que quebram no itinerário... PEGAM FOGO... um trompa no outro, pois não tem freio.... e o tempo que se gasta para locomoção.... por que essa diferença de preços entre os tais "fresquinhos" e os outros "paus-veio".... temos que ver isso... e eu também vou pra rua..mas como manifestante e não como baderneiro.. vou reviver os bons tempos da ditadura.....
 
Gilson Giordano em 25/06/2013 08:05:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions