04/01/2019 14:01

Para evitar tumulto, motoristas cobram sinalização sobre desvios em obras

Medida incentivaria, inclusive, que rotas alternativas fossem planejadas, evitando transtornos e congestionamentos

Liniker Ribeiro
Carros desviando próximo das placas que indicam a realização de obras (Foto: Marina Pacheco) Carros desviando próximo das placas que indicam a realização de obras (Foto: Marina Pacheco)

O curto espaço entre as placas que indicam obras em diferentes trechos da cidade tem incomodado condutores de Campo Grande, principalmente na região Central. A principal reclamação é “pela falta de alternativas para desvios”, conforme motoristas e motociclistas.

Na Avenida Afonso Pena, por exemplo, três faixas estão bloqueados para o tráfego de veículos devido à obras do Reviva Campo Grande. Na Afonso Pena com 14, Calógeras com Barão e Mato Grosso com Calógeras.

Com isso, até mesmo quem deseja virar à direita, na Rua 14 de Julho, fica impedido de realizar a conversão. O problema é que a pessoa só descobre isso quando chega no cruzamento. Caso houvesse sinalização antes, ou orientação, os motoristas poderiam virar na Rui Barbosa.

 

Motociclista não sabia da obra e desejava virar na Rua 14 de Julho (Foto: Marina Pacheco) Motociclista não sabia da obra e desejava virar na Rua 14 de Julho (Foto: Marina Pacheco)
Jader é motorista e acredita que aviso teria de ser antes (Foto: Marina Pacheco) Jader é motorista e acredita que aviso teria de ser antes (Foto: Marina Pacheco)

“Tinha que ser mais afastado. Agora, por exemplo, eu precisava virar aqui (na Rua 14 de Julho) e não sabia da obra. Vou ter que dar uma volta bem maior”, comenta a motociclista parada no semáforo do cruzamento onde as atividades estão sendo realizadas.

Opinião compartilhada pelo motorista Jader, que também foi pego de surpresa com a interdição. “O certo era ter um aviso bem mais distante daqui, isso evitaria de precisar descer lá no córrego para conseguir virar à direita”, comenta.

Basta alguns minutos no local para, rapidamente, ouvir outros condutores apoiando a alternativa. “Dava para ter virado antes”, afirmam a maioria, se referindo a necessidade do aviso ser colocando mais distante do local de obras. Ainda segundo eles, a medida evitaria, até mesmo, possíveis congestionamentos.

O Campo Grande News tentou resposta da prefeitura de Campo Grande sobre as interdições pela manhã, mas até às 14h30 ainda não obteve resposta.

imagem transparente