09/10/2019 06:31

O pneu que se infla sozinho e com o carro andando

Mário Sérgio Lorenzetto
O pneu que se infla sozinho e com o carro andando

Os pneus são uma parte fundamental do veículo e os Conti C.A.R.E chegarão para solucionar um problema histórico. Os pneus são muito importantes porque se trata do único elemento que mantém o carro em contato com o chão, algo chave em matéria de segurança. Entre as diversas características que devemos vigiar em um pneu estão o desenho, o desgaste ou possíveis imperfeições. Mas a pressão de um pneu é extremamente relevante. Quando adequada, ajuda a melhorar o "agarre" no solo e a evitar possíveis estouros. Nos últimos lançamentos, tecnologias como os sensores de pressão ajudaram a monitorar esse aspecto.

O pneu que se infla sozinho e com o carro andando

Um passo além: inflar sozinho.

Agora, a empresa alemã de pneus Continental deu um passo além. Acaba de apresentar pneus que são capazes de inflar-se enquanto o carro está em movimento. Essa empresa, fundada em 1871, na cidade de Hanover, afirma que a sigla que aparece no nome do novo pneu (Conti C.A.R.E.) faz referência a Connected. Autonomous. Reliable. Electrified. quer dizer: conectado, autônomo, de confiança e eletrificado. Os pneus estão carregados de tecnologias que atuam em diferentes âmbitos.

O pneu que se infla sozinho e com o carro andando
O pneu que se infla sozinho e com o carro andando

Sensores enviam constantemente informações a uma central.

Há, nesses pneus, um grande número de sensores que enviam constantemente informações a uma central gigantesca de dados que os alemães chamam de "Conti Conect Live". Mas o mais interessante está na tecnologia que permite inflá-los com o carro em movimento. No interior de cada Conti C.A.R.E, o sistema "PressureProof" se encarrega de assegurar que a pressão do pneumático esteja ótima em todo momento e em qualquer terreno. Isso é fundamental para melhorar a eficiência no gasto de combustíveis e, assim, rebaixar as emissões de CO2.
Esse sistema é constituído por bombas centrífugas integradas que acumulam ar comprimido à medida que o veículo acelera. Esse ar é armazenado em pequenos tanques que estão conectados às câmaras. Quando os sensores percebem que a pressão do pneu abaixou, injetam o ar até encontrar o ponto ótimo de pressão.
A ideia da Continental é também levar esses pneus para as competições automobilísticas pois eles buscam sempre a maior superfície de contato dos pneumáticos com o solo para melhorar o agarre.

O pneu que se infla sozinho e com o carro andando
imagem transparente