23/01/2019 07:24

PM faz megaoperação para encontrar arma furtada de policial e prende 3

A operação, que começou às 3h30, durou duas horas e prendeu três foragidos da Justiça. A arma não foi encontrada

Viviane Oliveira e Bruna Kaspary
Movimentação normal em frente ao Ceasa da Capital; por volta das 6h30, os policiais já haviam deixado o local onde ocorreu a operação  (Foto: Bruna Kaspary) Movimentação normal em frente ao Ceasa da Capital; por volta das 6h30, os policiais já haviam deixado o local onde ocorreu a operação (Foto: Bruna Kaspary)

Equipes da Polícia Militar fizeram nas primeiras horas do dia desta quarta-feira (23) operação para encontrar a arma que foi furtada de um policial militar dentro do Ceasa (Central de Abastecimento de Mato Grosso do Sul). O furto aconteceu nesta terça-feira (22), mas a arma não foi encontrada.

Três pessoas com mandados de prisão em aberto foram presas e levadas para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro. Os nomes não foram informados pela polícia.

Além do procedimento para encontrar a arma, segundo a polícia, a ação que sempre vai ocorrer no entorno foi também para combater o alto índice de crimes de furto e roubo na região.

A operação, que começou às 3h30 (horário de abertura da Central de Abastecimento) e terminou 5h30, na portaria do local abordou 750 pessoas e 450 veículos que chegavam no Ceasa ou passavam pela rua. Policiais do 9º Batalhão, da 11ª Companhia, do BPMtran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito) e Batalhão de Choque participaram da operação. 

O furto da arma foi comunicada à polícia por meio do serviço de inteligência da corporação. Policiais foram ontem à central e fizeram buscas por meio de câmeras de segurança, mas sem sucesso. Cerca de 5 mil pessoas passam pelo Ceasa diariamente. 

A central fica na Rua Antônio Rahe, no Conjunto Residencial Mata do Jacinto, localizado na saída para Cuiabá, em Campo Grande.

imagem transparente